Enviar por email
   
Para:   Exemplo: nome@example.com
Meu nome:  
Meu e-mail:  
     
NotÝcia:    Porque utilizar o Indicador de Roturas 1.000 Fuso/hora
   
resistencia do fio

O Indicador de Roturas 1.000 Fusos/hora na fiação de anel


Para que servem os indicadores?

Indicadores são resultados numéricos, que devem nos facilitar o acompanhamento dos processos dentro da fábrica. O indicador correto deve ser claro e fácil de entender a ponto de todos poderem acompanhar se o processo está funcionando da forma correta. Os indicadores principais da fábrica devem mostrar se a direção tomada está seguindo as metas, objetivos e visão da empresa.

Quando ocorrem as roturas no fio?

As roturas ocorrem durante o processo de fiação, quando a tensão momentânea do fio é maior que a resistência momentânea do fio. Praticamente, isso significa que uma parte mais fina do fio aparece em um pico de tensão. Nesse ponto o fio não resiste e se rompe. Veja os pontos de roturas no gráfico abaixo. 

 

Resistência do fios

Figura 1: Resistência do fio no processo de fiação x tensão na fiação.



Roturas 1.000 fusos/hora

O indicador de roturas do fio para cada 1.000 fusos no período de 1 hora é uma forma de fazer um acompanhamento efetivo dessas roturas.
Esse indicador pode ser utilizado no filatório de anel, na maçaroqueira, na retorcedeira ou até na conicaleira.

Para se obter essa medição basta o acompanhamento ao lado da máquina e fazer a contagem quantos fios precisam ser emendados durante o período de 1 hora. Utiliza-se o padrão de 1.000 fusos para esse índice.

Depois de um certo período de acompanhamento obtêm-se um padrão de roturas dentro da fábrica.

Como referência, Oacyr Vieira (Viera, 1988) sugere os seguintes valores:

Filatórios de anel
Co pentado ... Padrão 30 ...     Alto 35
Co Cardado ... Padrão 40 ...     Alto 45

Maçaroqueira
Co Peteado ... Padrão  20 ...  Alto 25 
Co cardado ... Padrão  25  ... Alto 30
Fibras Químicas ... Padrão 15 ... Alto 20

Deve-se observar, que esses valores são somente de referência. Cada fiação deve procurar fazer o seu acompanhamento e definir, nas suas condições de produção, qual o índice padrão. Importante que seja definido qual o valor do indicador padrão e qual o valor do indicador considerado alto.

Quais são as vantagens de se utilizar a contagem de roturas para 1.000 fusos/hora?

Fazendo um trabalho de reduzir as roturas do fio, reduzimos os custos da fiação e ganhamos em produtividade, pois temos menos paradas e evitamos que uma considerável quantidade de fio, praticante pronto, seja descartado.


Se o valor do indicador, determinado na produção da fábrica, teve um aumento considerável e manteve-se como alto por um longo período, deve ser possível identificar:

1) No filatório de anel
- os fusos com maior problema
- tensão de fiação inadequada
- má condição da superfície do anel
- escartamento incorreto, menor resistência do fio
- vibração excessiva do fuso ou
- descentralização do anel

2) Na maçaroqueira
- escartamento incorreto de acordo com o comprimento da fibra
- velocidade incorreta da bobina (polia patente e formadora)
- identificação do fuso com problema


3) Na retorcedeira 
- desequilibrio na tensão do sistema de passagem do fio da panela oa take-up
- identificação do fuso com problema 

4) na conicaleira
- título incorreto ou faixa muito estreita no purgador
- alta pilosidade do fio
- alta densidade da espula

Perda Anual de Produção

Voltando a quantidade de fio descartada devido as roturas, a perda anual de produção de fio pode ser calculada. Esse cálculo sozinho já justifica o emprego desse tipo de controle dentro da fiação.
Segue um exemplo de cálculo apresentado pela Bracker em seu " Manual de fibra corta".

Perdas de fio por ano

Tabela: Cálculo da perda de produção anual de fio (em toneladas).


Conclusão

Podemos considerar através do que foi apresentado acima, que o indicador de roturas 1.000 fusos/hora é uma ferramenta muito útil para acompanhar a qualidade e a eficiência nas máquinas da fiação de algodão e suas misturas.

Através dos pontos elencados ainda podemos observar, que o indicador de roturas 1.000 fuos/ hora é essencial para diminuir a perda de fio devido a roturas, ocasionadas por problemas no filatório de anel, na maçaroqueira, na retorcedeira ou na conicaleira.

Lembre-se que o time da RIVITEX pode ajudá-lo na definição de outros indicadores e na melhoria contínua dos seus processos através de nossas soluções e treinamentos direcionados para toda fiação.


Referências:
Vieira, O. F., Controle de Qualidade na Indústria de Fiação e Tecelagem,Vol II, 1988
Bracker, Manual de fibra corta, 2017